w w w . s h a n t a l l . c o m

Ressonância magnética.

abril 29th, 2009

Tudo no mundo parece velho demais.
As situações se repetem sem a menor cerimônia, sem o menor constrangimento.
Nem a brutalidade, nem a selvageria, que vez ou outra, vejo brotar nos humanos ao redor cheiram surpresa. Tudo se repete, e às vezes, nem o nome dos personagens são trocados.
O querer tanto instiga, quanto corrói, e não é a dose que distingue o remédio do veneno, é a fé.
Eu não tenho fé, mas também não tenho uma Ferrari. Acho que dá pra viver sem algumas coisas.
Mas, viver sem coisas novas…
O que define uma coisa como nova, não é a idade, é a falta de conhecimento que temos sobre ela, e muitas coisas novas estavam no passado, antes das coisas começarem a se repetir dessa maneira.
Novo era tudo aquilo que eu não conhecia.
Eu era tão nova.

E agora quero tudo de volta.

Leave a Reply

Proudly powered by WordPress. Theme developed by Shantall.
Copyright © w w w . s h a n t a l l . c o m. All rights reserved.