w w w . s h a n t a l l . c o m

‘the one’

D.R.

abril 28th, 2010

novelinha

_ A gente pode conversar?
_ Ahan…
_ Agora?
_ Ahan…
_ Então…
_ Então?
_ Então né…
_ Que foi?
_ Então pára de escutar esse som pra gente conversar…
_ Você tá falando sério que pra conversar agora eu preciso parar de escutar esse som, é Bach!
_ Bah o quê?
_ Bach!!!
_ Bah tipo, bah tchê?
_ Não, anta… B-A-C-H tipo Sebastian Bach!
_ Não acredito… nunca imaginei que ele tocasse piano…
_ Não é piano, é órgão, e daqueles de tubo, e não é o proprio Bach tocando, ele já tá morto faz tempo viu…
_ Tá? não sabia… e o Skid Row acabou por isso então?
_ Skid- o que?
_ R-O-W, anta!!! o Sebastian Bach, é o loiro vocalista do Skid Row!…
_ Madredios… não creio que estou tendo esse diálogo com você…
_ Que foi?
_ Nada… nada… ignorance is a bliss, e um Bliss de morango pra você… agora encurta essa situação vexatória e me diz de uma vez o que você quer conversar…
_ Ah, não dá  pra conversar com o Dr. Fibes tocando…
_ Tá.. pronto… agora fala.
_ A gente tá namorando?
_ Ah meu é DR que você quer?
_ Quero saber se a gente voltou ou não.
_ Pensa no agora… Se agora a gente ta junto ou não… se você esta comigo agora então a gente “tamo junto e misturado, mano”.
_ Odeio quando você imita mano. Mas me responde… tipo depois eu vou pra minha casa, e quando eu estiver lá e você aqui a gente ainda vai tá junto?
_ =/
_ Que cara é essa?
_ A resposta esta na sua pergunta, jovem cavalheiro!
_ Pára de falar que nem o mestre dos magos e responde…
_ Não!
_ Não o quê? Não responde ou a gente não vai tá junto…
_ Vou ter que estipular um perímetro mínimo pra você saber se a gente tá junto ou não? Pára de pensar no status… isso não diz nada… a gente ficou “namorando” um tempão sem nem estar mais namorando… então agora que a gente ta junto de novo, não fique se apegando a status… que eles não dizem nada, e não dão segurança nenhuma…  já lhe disse,  se quer se sentir mais seguro vá aprender a nadar primeiro, você vive num planeta onde a maior parte da superfície é alagada e não sabe nadar…
_ Você foi grossa…
_ E não sou sempre?
_ Eu só queria saber, porque quando as pessoas me perguntam de você… eu respondo como se a gente estivesse namorando ainda… ou de novo… sei lá…
_ Meu, que se fodam as pessoas… se não pagam nossas contas e não limparão nossas bundas se precisarmos… não devemos nos preocupar com o que pensam ou dizem…
_ Você e suas filosofias escrotas… sempre tem que colocar uma bunda suja no meio..
_ É vero, não é?
_ Tá… mas assim, você limparia minha bunda?
_ Você é  do distinto grupo de 5 pessoas das quais eu limparia a bunda com amor…
_ CINCO? Quem são as outras quatro bundas?
_ Não interessa!
_ São todas bundas de homens?
_ Não
_ Não sei se acho isso bom ou ruim… quem são?
_ Não vou falar…
_ Fala uma bunda que você acha limpável…
_ Nossa vc faz parecer a lista de bundas limpáveis um evento! Meu, eu só limparia a bunda das pessoas por quem eu tenho um AMOR incondicional com caps e “digratis”…
_ Eu conheço alguém?
_ Sim..
_ Fala um…
_ =/
_ Fala… um só…
_ Rose
_ C limparia a bunda da Rose?
_ Meu, eu não vou ficar discutindo o mérito de cada bunda!
_ Sei lá.. faz uns 3 anos que você não a vê e você limparia a bunda dela…
_ Eu disse que era incondicional, não disse?
_ Acho que ela naum limparia sua bunda, ou deixaria você cair de uma cama de cabeça… ela é muito burra e descoordenada!
_ EU DISSE QUE É INCONDICIONAL, NÃO DISSE?
_ Tá… Mas a Rose é sua amiga de infancia, não vale né…
_ Vale, tá na lista… e se tá na lista… vale…
_ Fala dos outros… tem mais meninas?
_ Não…
_ Então sobram mais 3 bundas de homens né… fala um!
_ Um você sabe…
_ Não…
_ Sabe sim…
_ Quem? Fala porra…
_ Danilo
_ Num era dele que você estava falando!
_ Tá vendo… Então nem era pra ter perguntado… você sabia!
_ Tá.. agora sei quatro.. falta um … quem…
_ Não vou dizer…
_ Diz
_ Não
_ Porque?
_ Porque vc não conhece…
_ Também não conheço o Danilo e o OUTRO…
_ =/
_ Fala.. só falta um…
_ Michel
_ Quem é esse e porque você limparia a bunda dele?
_ Ué.. é alguém que eu acho que mereceria meus cuidados se precisasse um dia na vida dele…
_ Você gosta dele?
_ Gosto, claro, se não gostasse não o colocaria na lista das bundas limpáveis… aliás… ele quase mereceu um upload pra lista dos transplantáveis!
_ TRANSPLANTÁVEIS? Que porra de lista é essa?
_ É uma outra lista… na verdade duas outras listas.
_ Eu tô em alguma?
_ Tá sim… na lista das pessoas pra quem eu cederia um dos órgaos que tenho em duplicata, ou parte dos regenerativos.
_ E a outra?
_ Na outra só cabe um..
_ Porquê?
_ Porque é da lista pra quem eu daria os órgãos one of a kind.
_ E eu não mereço?
_ Não é questão de merecer, é uma outra questão…
_ Qual?
_ Outra ué.. só outra…
_ Fala… quero saber… é amor?
_ Não, é um troço MAIOR… um troço, só um troço que não tem explicação
_ É maior que amor?
_ É desconhecido… é um troço que nem nome tem… é só outra coisa…
_ sei lá..
_ =/
_ Você não vai perguntar nada?
_ Perguntar o quê???
_ Eu disse sei lá… você devia dizer “sei lá o quê?”
_ =/
_ Tá eu falo… eu queria que você gostasse de mim assim, desse jeito aí…
_ Eu gosto de você de outro jeito… do jeito que eu gosto só gosto de você…
_ Mas é menor não é… ?
_ Não.. é diferente…
_ Digamos que um é intelível e o outro cognoscível
_ Hein?
_ Nada… deixa pra lá…
_ Odeio quando você fala comigo como se eu não falasse sua língua…
_ E fala? Se você não entende o que eu falo, não fala a minha língua…
_ Você me diminui…
_ =/
_ É serio, eu me sinto assim…
_ Se  se sente assim, é porque quer…
_ Custa explicar…
_ Ai meu, que merda, é muito simples… tão simples… que vai complicar tudo, e essa conversa ja ta demorando demais pra acabar…
_ Tá =(
_ Que cara é essa..
_ Sei lá, to chateado
_ Tá vendo porque eu não gosto de conversinhas tipo D.R….
_ O problema não é a D.R. é que tem coisas que você não precisa dizer…
_ Ah, fica tranquilo, tem coisas que eu naum digo!
_ Hein? Tem? O quê?
_ Você mesmo disse que eu não precisava dizer… porque eu diria…
_ Ah meu, você é doida, olha a situação em que você me coloca!
_ Eu não, você que se colocou nela…
_ O que você não me fala?
_ O que não precisa ser dito… tem coisas que a gente pensa, ou sente, ou acha que sente, que não precisam ser ditas pra quem ta do lado da gente, porque são coisas nossas, questões que soh dizem respeito a gente mesmo… e se qualquer pessoa de fora fica sabendo, principalmente se essa pessoa sente, de alguma forma, algum tipo de amor por nós, vai, na certa, ser a causa de mágoas ou de algum tipo de encucação.. The coasters!!
_ Que?
_ Vou escutar The Coasters… Poisonnn Iiivvvvyyyyy….
_ Mas, c podia me dizer uma coisa?
_ O quê?
_ A gente ta namorando?
_ Tá
_ Tá o que?
_ “Tamos”
_ =D
_ =/

[ o que mais faz eu me odiar, é que eu mesma podia ter encurtado esse diálogo todo... ele podia ter sido assim ]

_ a gente pode conversar?
[ ela desliga o som, olha pra ele e responde ]
_ Sim, dizæ
_ A gente tá namorando?
[ ela sorri pra ele e responde ]
_ Claro!

Mas… se tuudo fosse taum simples assim… ela não seria ela… e ele nâoseria ele… e o inferno não seriam OUTROS 0_º

e quando acabar… a maluca sou eu =P

Proudly powered by WordPress. Theme developed by Shantall.
Copyright © w w w . s h a n t a l l . c o m. All rights reserved.